Buscar

Notícia

05.06.2017

Cadeirantes participam de trilhas com escalada e debatem a inclusão

Um evento que oportuniza a pessoas cadeirantes e ou de mobilidade reduzida participar de trilhas com escalada será realizado no dia 10 de junho, no Centro de Eventos do Pantanal, entre as 08h e o meio-dia. A entrada é gratuita no fórum.

 O objetivo é promover ações educativas e motivacionais que retratem a acessibilidade e a inclusão como coisas indispensáveis à sociedade, além de permitir que qualquer ser humano, independente de sua condição, possa participar de atividades de turismo e lazer ao ar livre e desfrutar das mesmas oportunidades em esporte, lazer e cultura.

Para falar sobre como isso é possível haverá palestras com o casal idealizador do projeto Montanha Para Todos, Guilherme Simões e Juliana Tozzi.

Os dois são responsáveis por desenvolver uma cadeira de rodas adaptada à prática de esportes de trilha, inclusive as de subida forte e difícil acesso.

Eles foram motivados à criação da ferramenta o quando Juliana descobriu ser portadora de uma síndrome degenerativa do cerebelo (região do cérebro responsável por coordenar as atividades dos músculos esqueléticos, tato, visão e audição, em nível inconsciente, e coordenação de movimentos) bastante rara. A condição faz com que o indivíduo perca os movimentos e o equilíbrio. Ela era, então, montanhista, sempre ao lado do marido, e não queria abandonar a prática.

A Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia de Mato Grosso (SBOT-MT) é a responsável pela realização do evento. O presidente da SBOT, Márcio Augusto, lembra a importância desse tipo de esclarecimento para a sociedade dar chance a que cadeirantes, de movimento reduzido e outros, transponham “além das barreiras físicas, as sociais. Obstáculos discriminadores capazes de excluir a pessoa portadora de deficiência do convívio coletivo”.

Para além dos esclarecimentos -- com as palestras realizadas pelo próprio casal, mais a do grupo Sugoi Team, presidido por Júnior Sakuma, intitulada Inclusão no Esporte, além de Turismo Adaptado, a ser apresentada por Ricardo Shimosakai --, haverá também a doação de uma cadeira adaptada que ficará disponível para quem precisar e quiser se aventurar no Parque Nacional de Chapada dos Guimarães, onde será realizada uma trilha no domingo (11).

A previsão é de que pelo menos 200 pessoas participem do fórum, no sábado, no Centro de Eventos do Pantanal. Devido às limitações de conservação e segurança, o número de participantes será bem mais reduzido na trilha que sairá da cachoeira Véu de Noiva e chegará até outra cachoeira, a Sete de Setembro, a partir de onde será feito o retorno.

“A idéia de trazer o projeto Montanha para Todos para o Estado surgiu depois de um contato com o casal, durante uma feira de esportes e aventura em São Paulo. A realização da palestra é vinculada à doação da cadeira, a Juliette. Algo que foi de encontro ao modelo de ação previamente elaborado", ressalta o doutor Márcio.

Além da apresentação do projeto, o evento conta com a participação do diretor da Turismo Adaptado (SP), organização que trabalha a acessibilidade e inclusão de pessoas com deficiência e mobilidade reduzida no lazer e no turismo.

Todas as palestras são gratuitas e as inscrições podem ser feitas pelo telefone (65) 98118-4390 ou por e-mail: dalvarodrigues@gmail.com

Fonte: RD News

Compartilhe:

Siga o Centro de Eventos do Pantanal

Newsletter

Enviar
Copyright © 2015 Centro de Eventos do Pantanal • Av. Bernardo Antônio de Oliveira Neto, s/nº • Jardim Santa Marta • Cuiabá/MT • +55 (65) 3318-1600 • eventospantanal@mt.sebrae.com.br
BRDigital