Buscar

Notícia

03.07.2017

Congresso Ciclos no contexto global

Cuiabá/MT - Diante do avanço do desmatamento da Floresta Amazônica, cujo crescimento foi de 58% em 2016 em relação ao ano anterior, a Noruega anunciou um corte de 50% nos recursos enviados ao Fundo Amazônia.

O país nórdico é o maior doador do Fundo Amazônia, criado em 2008 para captar recursos para ações de prevenção, monitoramento e combate ao desmatamento e para promover o uso sustentável da floresta. Oslo já doou R$ 2,8 bilhões - o último aporte, em dezembro de 2016, foi de R$ 330 milhões. Com o corte, o Brasil deve perder cerca de 500 milhões de coroas norueguesas (R$ 196 milhões.

A “contribuição” de Mato Grosso nesse processo de desmatamento é lamentável. Pelo segundo ano consecutivo, o estado desmatou 1.508 quilômetros quadrados (km²) de floresta amazônica, entre agosto de 2015 a julho de 2016, um aumento de 48% com relação a 2014, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

 Alemanha, segundo país que mais colabora com o Fundo Amazônia, também suspender a ajuda, se o Brasil não reverter o aumento do desmatamento registrado nos últimos dois anos.

Outro fato preocupante é o risco de desaparecimento de diversos países ilhas, entre eles Nauru, Tuvalu, Fiji, Kiribati, Ilhas Marshall, etc., em função do aquecimento global e do aumento do nível do mar. As temperaturas vêm batendo recordes seguidos e nos últimos 30 anos, o nível do mar subiu 30 centímetros.

Esses dois fatos comprovam que a realização do Ciclos – Congresso Internacional de Sustentabilidade para o Pequenos Negócios é atual, contemporânea e necessária. O congresso acontece em Cuiabá (MT), nos dias 6 e 7 de julho, no Centro de Eventos do Pantanal, com o mote “O presente desenhando o futuro”, ou seja, as mudanças necessárias hoje para alcançar o futuro desejado, inclusive conviver, sobreviver ou reverter às adversidades como boicotes econômicos de países desenvolvidos e os resultados destruidores do aquecimento global.

Entre os palestrantes estão nomes como Carlos Nobre, ganhador do Prêmio Nobel da Paz, que vai falar sobre desafios para um futuro mais sustentável; Ricardo Abramovay, economista e autor do best-seller “Muito além da economia verde”; Manuel Manga, especialista no tema liderança evolutiva; e Ricardo Peres, professor da escola espanhola Business School e especialista em economia compartilhada. Para encerrar o evento, o monge Jorge Koho aborda autoconhecimento como ferramenta transformadora dos negócios, mercado e a vida.

O congresso, realizado pelo Sebrae Nacional, Sebrae em Mato Grosso e Centro Sebrae de Sustentabilidade (CSS). As inscrições podem ser feitas no site www.mt.sebrae.com.br, onde está também a programação completa.do evento.

 

 

Serviço

www.sebrae.com.br
Gerência de Marketing, Comunicação e Eventos Sebrae-MT
+55 65 3648 1214
www.mt.agenciasebrae.com.br
youtube.com/sebraemt
twitter.com/sebraemt
facebook.com/sebraemt
Rita Comini - +55 65 99932 1890

Compartilhe:

Siga o Centro de Eventos do Pantanal

Newsletter

Enviar
Copyright © 2015 Centro de Eventos do Pantanal • Av. Bernardo Antônio de Oliveira Neto, s/nº • Jardim Santa Marta • Cuiabá/MT • +55 (65) 3318-1600 • eventospantanal@mt.sebrae.com.br
BRDigital